quarta-feira, outubro 10, 2007

Ah, o casamento...

Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu devia consertá-lo.
Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar antes: a cerveja, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais importante para mim.
Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer.
Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura.
Eu olhei em silêncio por um tempo e depois entrei em casa.
Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dentes e lhe entreguei.
'Quando você terminar de cortar a grama,' eu disse, 'você pode também varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada.
Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida.


O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa e, a outra é o marido...

8 comentários:

Leticia disse...

Fosse comigo essa historinha i-di-o-ta! terminava no antepenúltimo parágrafo. Ora, se não!

shirlei horta disse...

Pô, ela foi legal, ainda deixou o cara vivo.... Quer mais o quê????

malu disse...

Se fosse comigo passava numa loja e comprava o mais moderno cortador de grama, contratava um "deuso de belezura" para cuidar do jardim e passava o dia todo "espalhando" protetor solar no jardineiro.

hashmalim disse...

"Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida."
---------------------

Você esta com sorte porque esta vivo pra contar tudo tintin por tintin!

Viver é mais importante não é? Ou sera que você queria estar muerto e sendo alma vagando? (rsrsrs)

Achei seu email de enterro da sua tia muito preocupante!

Por isso vim aqui lhe dar um consolo e lhe dizer que a vida é assim mesmo todos vão morrer!

Ainda bem que cada um tem seu dia marcado no livro aberto da natureza!

Porque mesmo que os macumbeiros queriam abreviar a vida de alguem, NÃO acontece e os que contribuiram pra insulflar mensagens sublimada tenho pena e compaixão de ver o quanto são ingenuos!

Por isso se dê por sortudo de estar em vida Tulio!

Fábio Max disse...

É por isso que, aqui, em terra brasilis, reconhecidamente machista, a maioria das casas dá uma bela cimentada nos jardins... sem grama, uma hipótese a menos de discussão e mais tempo pra cerveja com os amigos.

Túlio disse...

Leticia!
Há quanto tempo!

Leticia disse...

Tulio, meu amor, estou aqui sempre que posso. Mas não tinha nada a falar sobre cachorros.

Passar bem.

Túlio disse...

credo.