quinta-feira, junho 26, 2008

Peidei, mas não fui eu

11 comentários:

shirlei disse...

Eu? Eu?

shirlei primeira disse...

Estou emocionada, esta é a fila mais difícil de vencer....

Gostaria de dividir este momento inesquecível com todos os que me ajudaram a chegar aqui, com minha mãe querida que sempre se sacrificou por mim e, acima de tudo, com o Tulho.

Hein, Tulho?

shirlei primeira disse...

Isso aí é pra cartão vermelho... eu acho....

malu disse...

Nosso o cara eh potente!
Sobrou alguem vivo na arquibancada?

Fábio Mayer disse...

Olhem o olhar de realização que ele faz para a paisagem que deixou!

Ele sentiu-se, nesse momento, um verdadeiro vencedor.

Mais um fiel satisfeito da Igreja... bem, deixa pra lá o nome da igreja...

Vivi disse...

Devastador!

Mônika Mayer disse...

Mortaaaallllll!!!! kkkkkkkkkk

Mônika Mayer disse...

Shirlei, é praticamente igual ao Oscar. Mas o silêncio da platéia deve-se ao fedor do post, que nos atingiu em cheio.

Mesmo assim: PALMAS PRÁ SHIRLEI QUE ELA MERECEEEEEEE!!!!

Shirlei, Shirlei, Shirlei!!!



(sim, sim, sim, ela é minha ÍDOLA, tá, seus invejosos!!!)

Fábio Mayer disse...

É,

Shirlei, Shirlei, Shirlei!!!!!!!

palhaço disse...

É!


Xirley, Xirley, Xirley!!!

shirlei disse...

Valha-me deus, nossa senhora!

O povo deu pra beber! A culpa é do Tulho!!!

Mônika! Já pra casa responder os e-mails que tão lá!

Pronto! Já virou zona!