segunda-feira, janeiro 14, 2008

Os melhores momentos verborrágicos de Piquet



Nelson Piquet era bem assim como pimenta nos olhos: provocador, sarcástico, irônico, mordaz ,
Piquet não mandava recado. Pondo o indicador no nariz de propósito, ele chegava às raias da obscenidade no mundo ascético da F1. Hoje, do alto de sua autoridade de tricampeão, continua a destilar seu veneno em vários jornais Brasil afora. Alguns momentos de brilho e outros não tanto:

"Ser campeão do mundo não muda nada na sua vida, voce acorda no outro dia
com fome, com dor de barriga, peida..."

Reporter - E então Piquet, vai correr para ganhar?
Piquet - Não, vou correr para chegar em 9º.

Repóter: "E aí Piquet, vai ganhar hoje?"
Piquet: "Sou piloto, não sou vidente."

"Sabe como eu fiz pra passar o Pironi? Dei uma graninha pra ele e fui embora!"

"...Os carros da Ferrari são caixões sobre rodas..."
(Nelson Piquet disse isso após a confirmação da morte do amigo e companheiro Gilles Villeneuve no GP da Bélgica).

"Só existem dois tipos de carros vermelhos que a pessoa nunca vai enjoar:
uma Ferrari e o caminhão do corpo de bombeiros."

"Senna é o melhor piloto? p*@%$* nenhuma! Melhor é o Prost, que é tetracampeão"
Perguntado se ele admitia que Senna era o melhor piloto da F1.

"O automobilismo brasileiro não poderia estar pior"
Sobre a atual situação do automobilismo brasileiro (1997).

"Da morte, nunca tive medo. O que não quero é ficar aleijado. Disso sim, tenho um medo que me pelo."
Quando foi perguntado se tinha medo da morte.

"Uma corrida não se ganha na primeira volta, mas se perde."
Dando um alerta aos novatos.

"A Indy é um brinquedo para velho aposentado, como eu."
Perguntado a diferença entre Fórmula-1 e Fórmula Indy.

"Se tiver eu como!!!"
Perguntado se havia algum bicha na Fórmula 1 entre os pilotos.

"Se eu fosse ele, pulava o muro de Interlagos e só aparecia de novo na Argentina"
Sobre o que Rubens Barrichelo iria ouvir nos boxes após a rodada em Interlagos.

"Não costumo ler jornais e gasto meu tempo livre longe do automobilismo.
Não sou como o Senna."

"O Senna vive para o esporte e tira o máximo proveito do fato de ser considerado o grande herói das pistas. Às vezes fico pensando que não sabe fazer mais nada na vida."

"Medo faz parte do jogo, mas o trânsito no Brasil é muito mais fatal do que um circuito de Fórmula-1."

"Bom é viver um dia depois do outro. Isso basta como troféu. Ganhar não é tão importante."

"Quando descobria alguma coisa boa pro meu carro, eu só falava em cima da hora. Assim, não dava pro Mansell aproveitar."

Repórter: Você conquistou o mesmo números de títulos do Senna na Fórmula 1, no entanto fala-se muito no mito Senna e deixam de citar o Piquet, ainda vivo. O que você acha disso?
Piquet: Eu vejo isso como ótimo. É bom que eu dou menos entrevista, e o pessoal enche menos o meu saco.

Repórter - O dinheiro é importante?
Piquet - Lógico, muito importante.
Repórter - E as mulheres?
Piquet - Ajudam a gastá-lo.

Repórter - Piquet, acho que você não esperava por esta vitória certo?
Piquet - Realmente não, eu esperava que todos batessem na primeira curva.

Repórter - Nelson você não acha que andando só na frente seu filho não vai aprender a ultrapassar?
Piquet - Não sei, mas acho que você anda aprendendo a falar asneira com o Galvão Bueno.

9 comentários:

shirlei disse...

Eu não gostava nada, nada do Piquet. Até descobrir que ele é gente, chorando no programa do Jo ao agradecer pelo carinho dos fãs quando bateu o carro feio. Aí, cê quer saber? Prefiro a honestidade dele, casmurro, do que essa gente que fica respondendo qualquer coisa, só pra sair na mídia...

Fábio Mayer disse...

Sou suspeito para falar, porque sempre fui fã do Piquet, principalmente de sua franqueza e do fato de não baixar a cabeça e render homenagens à Rede Globo.

Aliás, Senna pode ter sido um gênio nas pistas, mas eu ODIAVA ele com todas as letras por conta justamente de ser um personagem da Globo, namorando com quem a Globo mandava namorar, sempre fazendo o tipo bonzinho que a Globo usava para endeusá-lo.

Senna foi gênio, mas não era santo, nem herói e Prost foi melhor...

E Piquet, bem, ele não foi santo, nem gênio e muito menos herói, mas fazia da F-1 algo divertido, não a chatice monumental de nossos dias, que dá até a impressão que o Galvão Bueno entende algo do que fala quando transmite.

malu campos disse...

Peguei uma implicancia com o Piquet quando crianca pequena fui passear em Brasolia e conheci sua "escalda" ou vamos chamar a "pessoa que ele usou para escalar" o podiun da formula um.
Alguem ai ja viu ele falando sobre ou posando na photo ao lado do filho mais velho dele? Se nao me engano chama-se Geraldo.

Túlio disse...

Geraldo (o irmão) é empresário e dos bem conceituados. Vive fazendo acrobacias com seu bi-plano em frente à minha casa.

Geraldo (o filho) é piloto de Fórmula Truck. E sempre que tem corrida em brasólia, o pai vai assistir.

Em tempo: sou fã do Piquet piloto. Não conheço o Piquet pessoa, mas amigos dizem que quase pararam de torcer pra ele depois que o conheceram.

Mas que ele deixava a F1 muito mais divertida...

Fábio Mayer disse...

A mulher dele, Viviane, é espetacular... e a mãe do Geraldo, filho dele, Silvia, mais ainda...

Leticia disse...

Estou com Fábio Max e Shirlei. Olhando todas as suas tiradas assim reunidas, ele parece insuportável. Mas não é. É um cara educadísimo e continua bunito e elegante pra xuxú. Lembro de outra tirada, em que lhe perguntaram porque ele chegou em segundo lugar, e ele respondeu que tinha um cara na sua frente (é mais ou menos isso, e não lembro se era o Senna).

Só sei de uma coisa: me dá engulhos essa coisa enjoada com o Senna, todo mundo faz meio cara de velório quando fala dele, como se fosse o amigo mais próximo. Só falta tocar a musiquinha. O Senna era um chato, era um garotinho mimado e gostava de uma massagem no ego estilo Xuxa. Sorte teve foi a Galisteu, que se livrou dessa geleca.

hashmalim disse...

"Só existem dois tipos de carros vermelhos que a pessoa nunca vai enjoar:
uma Ferrari e o caminhão do corpo de bombeiros."

-------------------------------
Estou de acordo com essa parte!

Prefiro o vermelho Ferrari. Juro tambem nunca vou enjoar! (rsrsr)

Os bombeiros esses vermelhos, tiro meu chapeu pra eles!

Anônimo disse...

voces que ficam dando moral pra esse otario ai..esse cara um tremendo mane que tinha maior inveja do senna porque o povo brasileiro e mundial tem carisma pelo heroi e humildade que o senna representava..alem do mais tomou nesse narigao que ele tem pela cagada que o filho dele fez na f1 com a renault nao tem personalidade nenhuma..ate porque ficou com medinho de esse boiola do filho dele ter represalias ele nao era fodao porque nao instruiu o filho dele ser igual ele..e um ze mane alem de chifrudo senna era dez mvezes melhor como piloto e como ser humano..

Anônimo disse...

Piquet era uma figuraça, destas a a F1 nunca havia visto antes, e que nunca verá novamente. Genial dentro e fora do carro. Sincero, brincalhão, irônico e patudo com hoje não se pode ser. Bons tempos.