quarta-feira, janeiro 16, 2008

Ô preguiça!


São Paulo proíbe motos nas pistas expressas das marginais

O prefeito Gilberto Kassab (DEM) anunciou nesta terça-feira, 15, que a partir do dia 11 de fevereiro, motociclistas não poderão trafegar pelas pistas expressas das Marginais do Pinheiros e do Tietê, em São Paulo. Segundo o prefeito, a medida visa a reduzir o número de acidentes graves e mortes de motociclistas na cidade.

(Estadão)


Pelo que tenho lido, Kassab está fazendo um trabalho bacana em São Paulo. Mas essa medida aí, sinceramente é pura preguiça de enfrentar o problema, e jogar a responsabilidade nas costas dos outros.

Pelo mesmo raciossímio do prefeito, podemos chegar à conclusão de que o certo é proibir tudo:

Tem muito trote de sequestros? Proíbam os celulares!

Acidentes por excesso de velocidade? Não construam carros capazes de andar a mais de 80 km/h!

A maioria dos acidentes são com pessoas alcoolizadas? Proíbam as bebidas então!

E os atropelamentos? Não tá na hora de proibir os carros? Mais ainda: proibamos os pedestres de atravessarem as ruas, ué!

Eu fui atropelado aqui em brasólia quando estava parado no acostamento, descendo da moto que já estava no descanso. O motorista fugiu. Fiquei um mês de molho com a perna totalmente imobilizada. E ainda tive que ouvir: “ah, mas se você não estivesse de moto, isso não teria acontecido”. Brilhante! A culpa é minha, então. Nunca ocorreu a esse gênio que se eu estivesse trocando o pneu de um carro, e portanto agachado, teria morrido pô!

Que eu saiba, pago impostos como todos. Aliás, pago DPVAT e seguro obrigatório mais caros. E então sou privado de trafegar por vias públicas?

Não conheço muito SP, mas suspeito que para sair da cidade você TEM que passar pelas marginais. E aí?

Esse não é um país sério!


16 comentários:

Fábio Mayer disse...

Pega leve Tulio.

Imagine trocar a sua moto pela loiraça da foto?

Se eu tivesse moto, trocava pela loira e pela morena e ainda dava um troco...

tita coelho disse...

não entendi direito essa proibição aí...não sei para que serve nem nada...
beijos meus

Vivi disse...

Parece que está aberta a temporada de caça às motos. Aqui no Rio por conta da nova moda de usar tal veículo para assaltos, o governador quer baixar um decreto que proíba a utilização do assento do carona. Ou seja, Túlio, se tinha planos de passear com uma gatinha (tome cuidado com as que se instalam na Av. Atlântica, principalmente à noite) na garupa de sua moto quando vier ao Rio, esqueça!

Túlio disse...

Pô Vivi, estragou meus planos...

Fábio Mayer disse...

Eu tive uma idéia brilhante, que vai me valer um lugar no Senado da República!!!

Quer dizer que motos causam acidentes nas marginais de São Paulo?

Que fazem barulho demais em Curitiba?

Que são usadas para assaltos no Rio de Janeiro?

Solução simples: Vou encaminhar um projeto de lei popular proibindo as motocicletas de serem fabricadas com rodas!

Tô até pensando em deixar a barba crescer, fazer voz de fanho, me filiar ao PT e ser "candidatu das crasses trabaiadoras"!

Túlio disse...

Lembra de mim quando você ganhar seu cargo, viu Fábio?

Fábio Mayer disse...

Lembro, sim.

Vou observar os direitos adquiridos no projeto, você não precisará tirar as rodas da sua moto.

Túlio disse...

Êba!!

malu disse...

Gostei da sua plataforma, Fabio.
Eu apenas acrescentaria alguns itens:
1-Tem enchentes?
Proibe as chuvas
2-Tem seca?
Apaga o sol?

Fábio Mayer disse...

Claro Malu, claro!

Se tem quadrilha roubando banco? Sem problema, acabamos com os bancos e voltamos ao tempo do escambo.

Se tem corrupção no governo? Sem problema, fechamos a imprensa e ninguém mais nunca ouvirá falar de corrupção.

Putz! Preciso ir ao cartório, vou mudar meu nome para Luiz Dirceu Sarney da Silva.

Túlio disse...

Sr. Dr. Luiz Dirceu Sarney da Silva,

Venho através desta, mui respeitosamente, perguntar-lhe:

Cadê o meu?

Luis D.S da SIlva-candidato disse...

Jé dice seo Tulio,

Dereitos adequiridos pro sinhor

Leticia disse...

Tudas essas leis disso e daquilo são lantejoulas, perfumaria que encobre o principal problema: motos em geral não estão nem aí pra lei do trânsito. Vejam vocês que as ultimas proibições nem se lembram de lembrar que uma moto tem de ocupar o lugar de um carro. No entanto, não é isso que acontece: elas circulam entre as faixas, e ai de você se resolver mudar de faixa olhando no retrovisor só para a faixa que você quer ocupar: vem um cara da faixa contrária, por detrás do seu carro, e aí fodeu: você vai ter de pagar cesta-"base" pro desinfeliz pro resto da vida. Enquanto isso persistir, os motoqueiros vão continuar dirigindo como se estivesssem sozinhos no mundo.
É claro que sei que você não dirige assim, Túlio. Falo de uma forma geral, porque esse é meu dia-a-dia: hoje quase acabeu com a raça de um.

Túlio disse...

Concordo plenamente, Lets. Mas ao invés de corrigir isso, simplesmente correm para proibir qualquer coisa.

E sim: eu ocupo o mesmo espaço de um carro. E às vezes os motoristas ficam putos com isso. Vai entender...

Fábio Mayer disse...

O problema mesmo, é que no Brasil, nenhuma infração da lei é punida com rigor.

shirlei disse...

Hummm... boa idéia, Fábio! Você bolou sozinho?