quinta-feira, janeiro 11, 2007

I feel good

Notório caçador de confusão, o cantor/lenda James Brown parece ser ainda mais encrenqueiro depois de morto. A última é que ele foi motivo de um tiroteio em Atlanta, Estados Unidos. Dan Gulley, Jr., 70, e David James Brooks Jr., 62 discutiam a respeito da altura (?) do ex-astro, quando o primeiro sacou uma arma e deu dois pipocos na barriga de Brooks. Mesmo ferido, este último conseguiu ir até seu carro e, de posse de uma arma, disparou alguns tiros, mas não acertou Gulley.

A propósito, James Brown media 1,68m.

Com se não bastasse, o corpo do cantor ainda não foi enterrado (!) em razão de questões legais sobre a herança que estão sendo discutidas por seus filhos. A indecisão sobre o local de enterro do padrinho do soul também está representando um entrave.

Por enquanto, o corpo de James Brown está em um caixão lacrado em sua casa na Carolina do Sul, num quarto com temperatura controlada e vigilância 24 horas.

Além disso, Tomi Rae Hynie, companheira de Brown, foi impedida de entrar na casa com o filho de cinco anos que teve com o cantor.

Por fim (ufa!), uma mulher que acusava Brown de ter sido estuprada por ele há 20 anos afirma que vai prosseguir com sua ação na Justiça.

3 comentários:

Julia disse...

Tulio,

E IMPRESSIONANTE os 20 anoooos passados heim, pra reivindicar stupro somente e unicamente, depois que o James Brown não pode mais se defender!!!!

ISSO SE CHAMA ESTORSÃO DE MORTO RICO!!!!!!!!

Estou começando a pensar que o encrenqueiro são os outros!

Abrs

Leticia disse...

São questões muito relevantes para a evolução da humanidade.

Julia disse...

Leticia,

MUI RELEVANTES MEEESSMOOO!