sexta-feira, dezembro 21, 2007

Um Çonho de Natal V - Pata Irada


Lula olhou e disse:

- Pô Çerra! sacanagi! niço aí, tu mi suspirô! Comé que ocê, que nem é presidenti, pódi tê uns aero-navis meió qui eu! Serra já sem paciência para agüentar o pinguço, rosnado contou até 100, olhou mais uma vez para o Lula e finalmente disse:

- Isso não é um avião Lula, PQP! Isso é uma nave espacial, mas não vem ao caso. Tenho um importante comunicado para....

Nesse momento, Lula já não ouvia mais nada do que Serra estava falando. Os pensamentos pipocavam. A inveja tomou conta e foi ficando vermelho de raiva, e...

- Vou espocá!

Colocou as duas mãos na garganta e sentiu que estava morrendo.Tentou gritar GRINGAAAAA, minha joaogularti vai estorá! Mas não conseguiu. Com os olhos entreabertos, ainda pode ver

Serra balbuciando blá-blá-blá, blá-blá-blá.

- Que será que esse cabra-da-pesti tá disendo? Ai minha maesinha analfabeta de nassensa! MÍFU!

Lula meio desconfiado apertou seus olhinhos e viu um ser enorme, bonito e bem vestido. Uma gracinha!

- Serra!Tu tá bunitu prá caramba ...

O espectro vociferou:

- QUE SERRA PORCARIA NENHUMA! SÔ O FANTÁSMICO DO PRESENTE!

- Não seu espirto! Não bebi nadica oji e a Dona Mariza é minha testem ...

- CALI-CE!NÃO TENHO SACO PRÁ FALAR CONTIGO , PORQUE EU SOU PODEROZO!SÔ O SENHÔ DOS MANÉ! VIM TE MOSTRÁ QUE TENHO PUDÊ E QUE NINGUEM FAIZ SOMBRA NIMIM, SÓ FASSU O QUE EU QUERO E TODOS COMEM NA MINHA MÃO.

-Sim, eu sei, mas... nem sempre foi assim, teve um tempo que....

-CALI-CE, OU ENDIREITO ESSA TUA CABESSA TORTA! TE ENCHENDO DE PAULADA!

O fantasma levantou o manto e Lula pensou: "Ai! era só o que fartava... é exibicionista" Olhou e viu que em baixo do manto haviam duas meninas emburradas que estavam agarradas nas coxas do fantasma.

-SÃO TUAS! A MISERENTA E A INGUINORÉLIA QUE TÃO RECLAMANDO E QUERENDO BOLSA-DISNEI.TÃO AQUI GRUDADA NIMIM, COMO DOIS PERSEVÊJU.

Então o fantasma,com movimentos rápidos, sacudiu uma das pernas, fazendo com que a Miserenta se descolasse de sua coxa. Miserenta correu para o colo de Lula gritando - MEU PAPAAI! depois foi a vez da Inguinorélia fazer o mesmo.

Já aliviado do peso das meninas, o fantasma rodopiou no ar e disse:

- FUI!

Lula olhou para o céu, colocou a mão na cabeça e ...
_______________________________
* Gravura: Edu.

12 comentários:

tita coelho disse...

ahahahahahaahahaahaahahahahaah muito bom! adorei,cara tá ótimo rsrs

Leticia disse...

Ai gente, bem que eu gostaria de ter cabeça pra participar, mas o pouco tempo que tenho só me permite ler e rir de todos os textos. Estou frouxa até agora com "minha joaogularti" da Pata Irada...
Boas festas para todos vocês!

Fábio Mayer disse...

A "minha joãogularti" foi genial!!!

Fábio Mayer disse...

A Malu, a Júlia, o Tom Paixão... todo mundo caiu fora, ninguém vem nem comentar esse conto de Natal político eleitoreiro!

Por isso, resolvi escrever mais um capítulo, não me conformo que não tenha fantasma numa adaptação livre de um conto e Charles Dickens!

shirlei disse...

Quack! Quack! Quack!

Adorei!! Mas larga da minha jangularti....

Oba! Tem mais, Fábio?

Túlio disse...

Tem mais. Mas só amanhã.

Mônika Mayer disse...

Muitttooooooobãããããããooooooooooooo,meus povos!!!!

Vocêis tudo tem alma de iscrivinhadô!! Noço Guia ficará eternamente grato pelas suas "contribuição" ao mundo literário!!!

Até meu irmão entrou nessa!!!

Túlio disse...

Mônika: vem pra caixa você também.

Fábio Mayer disse...

É...

Vem pra caixa?

Mônika Mayer disse...

Ah, Tulio... não tenho veia cômica, nem artística, nem literária prá criar uma joãogularti...

Além de tudo, sou tímida... rsrsrsrsrs

tita coelho disse...

Quem continua depois do Fábio..... quero escrever mais um rsrs estou de recesso lá em casa...mas continuo na casa dos outros rsrs

Túlio disse...

Tita, depois do Fábio é você então.
Mas manda pro meu e-mail

tuliospa@gmail.com