terça-feira, dezembro 09, 2008

O Natal de Suzana - XIII

Suzana fica pensativa com relação ao bilhete. O presente pouco importava para ela, afinal para quem já tem tudo da vida...

Abre a gaveta do criado que fica do lado que Marcelo usava da cama e olha atentamente para o Calendário Pirelli pensando: "Já é dia 09, não comprei nada ainda para meus filhos, netos, bisn...."

Triste, cai-lhe a ficha de que não existe mais Marido em sua lista infindável de possíveis beneficiados de sua humilde caridade anual.

Filó faz uso de um andador (herança da 37ª operação da Suzana) para suportar o incômodo da perna inchada após o quase atropelamento. Se equilibrando sobre as sapatilhas pretas escorregadias (parte fundamental de seu uniforme, as quais a patroa fazia questão que usasse), leva o chazinho de camomila à suíte máster.

A cena que encontra lhe parte o coração.

Suzana folheava um caderno cheio de fotos e números (era o bendito calendário) em frente ao espelho e repetia as posses das beldades ali retratadas como em uma competição de Miss Universo. Suzana leva um susto:

- Credo Filó... Que que você está fazendo aí parada, parece uma múmia.

- Mas senhora, to trazendo o chá que fiz pra senhora.

- Me conta tudo o que o canalha te disse????

- Disse nada não. Ele mais chorô que falô qualquer coisa. Agora, no fim do corredor, perto da escada de seuviço tinha uns dois homi com cara de mau. Se fosse na Rocinha eu diria qui eram do movimento, mais aqui, sei não...

Suzana liga para a portaria do prédio, que por norma do condomínio deveria identificar qualquer visita:

- Seu Pereira, o senhor poderia me dizer quem eram essas pessoas que o Senhor deixou subir sem serem anunciadas?

- Dona Suzana, vai me dizer que a senhora já esqueceu quem é o Dr. Marcelo?!?!?! A senhora está com Alzheimer também?!?!?!?! Coitada.....

- Para com isso seu Pereira, não é nada disso. Quem subiu com aquele cafajeste???

- Aaahhhh, a senhora ta dizendo os outros dois moços. Eles falaram que vieram buscar os documentos da moto que o Dr. Marcelo vendeu pra eles...

Silêncio na ligação....

Suzana desliga o interfone sem se despedir do porteiro. O presente que tinha dado ao Marcelo, um mimo de R$ 60.000,00 que ele fez questão que ficasse em nome dela (mal sabia ela que a intenção dele era não receber pontos na carteira de habilitação) já estava a perigo.

- Filóóóóóóóó..... Chama meu advogado e o delegado Dr. Progéstenes aqui em casa agora!!!! Aproveita e liga para a Contigo e Caras.... Tenho declarações a fazer........

(Ricardo Andrade)

4 comentários:

Túlio disse...

Mas tá difícil acompanhar isso aqui. De repente ficou rápido pra chuchu.

Fábio Mayer disse...

Mas agora, tá bão, Túlio, virou uma autêntica novela da Grobo!

TOM disse...

açulera, expedito!

malu disse...

O que Suzana nao sabia era que o delegado Dr. Progestene havia grampeado todos os telefones dela. Ele, Dr. Progestene tinha uma amizade de muitos anos com o dono da Revista Fofoca* e do Jornal Ultima Hora**. Ele estava planejando passar uma temporada nas Bahamas e enviar os filhos para estudar no exterior com o dinheiro arrecadado com a venda das conversas privadas.Caso Suzana tentasse processa-lo por "quebra d sigilo" Progestene ja tinha combinado com seu amigo Dr Sanctos Juiz que havia lhe garantido que a Constituicao era "somente um papel" que os dois dividiriam a bufunfa arrecadada e a sentenca seria favoravel ao jornal e a revista.
Progestenes pensava: "Conversas privadas mesmo, por que essas relacoes dessa tal de Suzana sao um monte de mer**."
Suzana se estica o braco para alcancar o celular, quase cai, efeito das plasticas, cada vez que movimenta rapidamente o braco as pernas se movimentam tambem. Ela precisa lembrar disso e ser mais cuidadosa.
Ela necessita urgentemente a presenca de Creuza, sua maquiadora, Valeska, seu cabeleleiro, afinal ela iria aparecer nas paginas das revistas mais importantes da atualidade, a "Biblia" dos descolados. Se voce nao ler Caras e Contigo jamais podera ser considerado uma pessoa informada ou intelectualizada, pena que o povo brasileiro nao entende isso pensava Suzana.
Ela ja nao conseguia controlar seus pensamentos.
"Irei matar de inveja aquelazinha e aquele traste. Anunciarei minha lista de presentes de Natal. Coisas bem simples.
Esse anos darei somente gifts, eh mais chique.
Para o meu bisneto de 1 ano***
-1 IPhone;
-1 PS3
-1 DS2
-1 Guitar Hero 3
-1 Passeio na Disney
-1 Carro Eletrico
E assim ela seguiu fazendo a lista de "gifts"...


p.s. * nao conheco nome de revistas de fofocas, aqui tem umas que sao piores que a Contigo;
** Jornais tb desconheco, sei que tem uns q sao especializados em fofocas;
*** licenca poetica