segunda-feira, maio 14, 2007

Por que o homem inventou o Post-it


16 comentários:

Vivi disse...

Que absurdo!

Lets disse...

Olha, com essa história de Papa, aborto e que tais, estou ainda mais estarrecida com o machismo que reina absoluto por aí (notadamente entre as mulheres). Imagine você, Vivi, se esse post-it estivesse na testa do cara!

Vivi disse...

Ih, Lets, choveriam acusações e teríamos que aguentar aquele discurso-macho atual que da conta de como as mulheres de hoje não se dão ao respeito, etc, etc, bla, bla, bla

Túlio disse...

Eu também sou contra isso!
Eu anoto o nome num caderninho. É muito mais elegante.

Lets disse...

Túlio! Eu sei que você não é um cara machista, vai...

Não, falando sério! Nos últimos anos fiz algumas descobertas assombrosas, por exemplo:

1) As mulheres continuam no cabresto dos homens, por culpa, em primeiro lugar, delas mesmas, e, por tabela, deles. E o negócio tende a piorar.

2) O mundo continua, depois de tudo, exercendo uma religiosidade de baixo nível.

3) Todo mundo adora o papa. Inxcrusive os evangélicos. Será que é porque a Igreja desexcomungou Lutero? Será que Lutero deu bola isso?

4) Mulher independente não presta. Até entendo isso em outros lugares, mas a mentalidade está aí, acesa, até nos meios mais "urbanos".

5) A melhor maneira de uma mulher encontrar abrigo moral é botar filho no mundo. Fora disso ou ela é: a) uma mal-amada; b) uma vaca. Olha o culto marial aí, gente, firme e forte!

Túlio disse...

Lets e Vivi:

vocês já botaram reparo (gostou Malu?) nas letras de música (?) atualmente? Dessas que valorizam mulheres rebolando e endeusam gigolôs?

Me pergunto: pra que diabos queimaram tantos soutiens?!?!

Lets disse...

Pois é, Túlio, eu peguei o restinho dessa geração. A gente achava que o troço iria evoluir. Mas estamos regredindo, francos e favoritos, até chegarmos à Idade Média.

Fábio Max disse...

Sinceramente, nunca vi tanta mulher correndo atrás de babacas machistas quanto hoje em dia... o machismo renasceu das cinzas, Letícia!

Dias atrás, tive o desprazer de entrar num barzinho desses aqui de Curitiba... um bando de caras bebendo sem parar, falando asneiras e agindo feito tios da Sukita, e outro bando de garotas se deixando agarrar...

Penso que os ignorantes venceram, e eles (elas incluídas) adotaram o machismo, o que explica fenômenos como o BBB, a Carla Perez, os conjuntos de Axé e o Funk.

malu- assustadissima disse...

O pessoal!!! Ta bom vocês combinaram, né? Ou vocês nào querem que eu volte?
Credo, eu sabia que a América Latina estava regredindo mas assim já ta demais, pô!

Lets disse...

Também não é pra você sumir, né, Malu!!! Tá certo que a visita do papa resultou nesse ti-ti-ti todo, mas não desaparece, por favor!

Pois é, Fábio. Minha geração foi de mulheres que lutaram para combater essa coisa toda de promover um grande desfile de beleza pra ver quem catava um macho-provedor eterno. Até, digamos, metade dos anos 90 a gente tinha certeza de que todo mundo tinha entendido a coisa. E - não sei, pode ser impressão minha - de lá pra cá as coisas parecem ter regredido. Ou a gente adquiriu experiência e abriu os olhos para a realidade ou a coisa regrediu mesmo. Só sei de uma coisa: aumentou enormemente o número de almas preconceituosas e obscuras. E não é só no Brasil não (a gente poderia atribuir isso à emergência de um tipo de pessoa que não tinha voz antes de passar a comer frango, sei lá). É no mundo inteiro!

Lets disse...

Ah, em tempo: deixei de ir a barzinho faz tempo. Me enchi do ambiente.

Hoje combinei uma happy hour com alguns engenheiros amigos, ex-colegas de trabalho. Estou queimando os miolos pra escolher o local. Até os cafés, que são mais intimistas, viram um inferno no comecinho da noite. Vou levá-los ao mosteiro. Quem sabe lá a gente consegue colocar a fofoca em dia?

Túlio disse...

Lets, quando eu for a SP quero ir a um barzinho...

Lets disse...

Ah, meu filho, queres ir pra uma balada, não conte comigo! Serve o Girondino? Lá é pra gente grande depois das 9 da noite. Serve?

Túlio disse...

Serve sim.

Lets disse...

Então marcadéééézimo!!! Falta agora o mais difícil: você vir.

Túlio disse...

não é tão grave. Quando você assustar, tô aí.