quarta-feira, julho 18, 2007

Luto

Pois é. Lá vamos nós de novo.

Ontem, como até o Lula sabe, um avião se estabacou no final da curta pista do aeroporto de Congonhas. Dessa vez não se pode culpar os controladores. Culpar quem então? Ainda é cedo pra isso. Por enquanto o clima é de "não fui eu". Como bem colocou Eliane Catanhede, na folha:

"Em Brasília, o clima é de total empurra-empurra. O ministro da Defesa, Waldir Pires, estava justamente numa audiência com Lula para discutir o orçamento da Força Aérea, mas, como sempre, foi o último a saber do acidente. Já em casa, teve de voltar ao Planalto. A Aeronáutica diz que não tem nada a ver, porque desta vez o controle de tráfego aéreo não tem nenhuma responsabilidade. E joga a culpa na Infraero, que cuida da infra-estrutura dos aeroportos, e na Anac, a agência civil que substituiu o antigo DAC e que não tem força - talvez nem vontade - de enfrentar as companhias para de fato regulamentar o setor e definir a malha aérea brasileira."

Hoje cedo, a comentarista Lúcia Hippolito classificou o comando do prizidenti de "presidência de animação", onde gestos e discursos substituem a ação e todos acham que isso resolve o assunto. Daqui a pouco, Lula - que demorou mais de quatro (!) horas pra soltar um comunicado lacônico - vai dar mais um soco na mesa e marcar prazo para resposta. Todo mundo vai ouvir e acenar com a cabeça em gestos de concordância. E vai ficar por issso mesmo.

É cedo pra culpar Lula? Sim. Mas não se pode negar que o caos aéreo tem sua parcela de culpa nesse caso. Pelo que foi divulgado, a pista foi entregue antes que a reforma fosse completada. Faltaram as ranhuras que ajudariam a escoar a água e dar mais aderência ao avião. Alguém aí duvida que a entrega da pista foi adiantada por pressão política? Em pleno caos aéreo permitir que o aeroporto mais congestionado do brasil (com minúscula mesmo) operasse apenas com sua pista auxiliar? Foi culpa da pista então? Sei lá. Mas um outro avião derrapou lá no dia anterior.

Bom, as culpas vão ser apontadas (ou não) depois das investigações de praxe. Aposto meia pataca que nada além de maquiagem vai ser feito.

A nós resta lamentar e esperar pelo próximo.

Nunca antes na história deste país...

7 comentários:

Vivi disse...

Tristeza...

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Até quando você vai levando?_(Porrada!_Porrada!)
Até quando vai ficar sem fazer nada? Até quando você vai levando? (Porrada!_Porrada!)
Até quando vai ser saco de pancada?

Até quando você vai levando?_(Porrada!_Porrada!)
Até quando vai ficar sem fazer nada? Até quando você vai levando? (Porrada!_Porrada!)
Até quando vai ser saco de pancada?

malu disse...

Pô, Fábio, assim que recebi a notícia pensei "até qunado o povo brasileiro vai ficar nessa de levar porrada e comemorar?"

Estou muito triste pelo brasil (minúsculo mesmo) e por essa "gente bronzeada" que esqueceu que tem valor.

martaxa botox disse...

'De quem é a culpa? Lógico que é dos passageiros. Se ele não tivessem embarcado no avião estariam todos vivos!'

Túlio disse...

Putz, martaxa botox! É claro! como é que eu não tinha pensado nisso!!

Luiz Lulla disse...

Dona Martaxa Botox!

Dá uma paçadinha lá em casa, ando pricisando de uma nova asseçora para cuidar da defeza!

david santos disse...

Estou solidário com o povo brasileiro neste momento tão TRÁGICO. A vida só nos permite dois termos: a felicidade ou a infelicidade. Desta vez, quem mandou foi a segunda. Que a vida continue feliz para os que ficam.