segunda-feira, julho 30, 2007

Novidade...

PT é contra o movimento "Cansei"

Da Agência Estado:

"O presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), deputado Ricardo Berzoini (PT-SP), disse neste segunda-feira, 30, que a legenda não é obrigada a dar uma reposta ao movimento "Cansei", liderado por diversas entidades, entre elas a OAB-SP e o Grupo de Líderes Empresariais (Lide), entidades presididas por Luiz Flavio Borges D'Urso e João Dória Jr., respectivamente.

Ele sugeriu que os organizadores teriam ligações e interesses político-partidários que não são assumidos publicamente. "Temos que ter tranqüilidade para não aceitar esse tipo de provocação e nem alavancar esse tipo de movimento cujo patrono deve ser ou Haddock Lobo ou Oscar Freire", ironizou Berzoini".

13 comentários:

Fábio Max Marschner Mayer disse...

E você acha que um Berzoini, que advoga a tese de que o Brasil é um paraíso sem problemas desde 1º de janeiro de 2003 ia apoiar uma iniciativa como essas?

É mais fácil ele sair fantasiado de baiana no carnaval de Curitiba...

Túlio disse...

Tá, mas isso (ele fantasiado de baiana) eu gostaria de ver.

As partes interessadas disse...

Ah, nemmmm... Cansei.
;)
Besos.

malu disse...

Mas uma frase para a coleção dos PeTralhas. Trabalhar que é bom...Nada!!!
Quer saber? Acho que já nasci cansada dos PeTralhas. Ô, raça desgranhenta!

tom paixão disse...

todos os diabos que os carreguem pra prefundas(sic) dos infernos!!!

tom paixão disse...

pras

shirlei horta disse...

Eu não fiquei muito animada com esse "Cansei", não. Tem um cheiro de oportunismmo no ar, uma pré-aderência a um novo governo, ou eu estou delirando? Que venha. Meu grito será dia 4.

Lets disse...

Pois eu me desarmei com o "Cansei". Tem João Dória Jr.? Tô dentro. Sou muito mais um empresário empreendedor, de quem nunca ouvi falar isso!, do que qualquer formador de opinião que vende diversos tipos de pitacos conforme a ocasião.

Lets disse...

Hoje o Reinaldo Azevedo fala sobre isso. Vale a pena dar uma lida.

O brasileiro enfiou na cabeça que empresário é tudo safado. Não é. É o empresário que dá emprego por mérito, é o empresário que segura a onda dos desvarios da economia e do governo. São os empresários que tomam iniciativas e - mais importante - as levam a cabo. Tem muito empresário honesto e com visão. Eles estão aí pra proporcionar mercado de trabalho e combater o mau empresário - aquele que paga péssimos salários, não recolhe FGTS nem GPS e não garante segurança ou bem-estar ao trabalhador.

Conheço um monte de empresários - de esquerda, inclusive - que não está nem aí se o empregado está doente ou precisa de um plano de saúde. Isso também ter de ser mudado.

Me senti muito confortável em saber que o Cansei está dando a cara na passeata dia 4. Chega! Chega de dividir o povo à maneira petralha. Estou com os empresários - também - e não abro.

malu disse...

Concordo 100% com a Lets. Tem um montão de empresário que trabalha pra caramba, economiza nas "mordomias" para garantir plano de saúde e educação para seus funcionários. O "empresário" pensa como empresa, se todos estão bem, progredindo a empresa acompanhará. Conheço vários que herdaram empresas e a mentalidade dos pais e hoje triplicaram a herança.
Agora existe aquele que "está empresário"por conveniência e conivência. Quantas empresas não foram abertas só para participar de concorrências viciadas?
O que me revolta é saber que muitos desse ~" assaltam"seus funcionários e nada acontece.
Chega! Cansei! Temos que gritar, reagir, é agora ou nunca. Pena que não poderi estar aí para participar da passeata no dia 04/08, mas serei bem representada, e daqui tudo que eu posso e puder fazer para que seja um sucesso eu estou fazendo e farei.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

O problema é que os empresários de verdade são a exceção da exceção... em 20 anos como contabilista, os verdadeiros empresários que conheci levaram uma vida simples e honrada, com algum progresso material...mas quem efetivamente ficou rico, foram só picaretas que não pagam impostos e mancomunados com políticos safados e advogados venais...

palhaço disse...

É! Venais...!!!

Lets disse...

Fábio, não faço muito distinção entre quem ficou rico ou não. Quem um exemplo? Na minha rua há trocentas farmácias. A maioria delas é de grandes redes, ou grupos que querem se tornar grandes redes.

Uma, apenas uma delas, pertence a dois farmacêuticos, dois senhores aliás muito simpáticos.

Entretanto, o estabelecimento deles é o mais jerereca da região: freqüentemente não têm medicamentes, não têm poder de negociação na compra dos remédios, por conseguinte os vendem mais caros, a mercadoria está sempre empoeirada e é o único, claro, que não ajeitou sua fachada com a lei cidade limpa.

Eu te pergunto: qual deve ser minha opção ao precisar de um remédio, ou de um simples abosrvente? Escolho comprarr entre quem reaplicou seus lucros no negócio, ou vou aos velhinhos gastar uma grana num produto empoeirado, só pra dar uma força nos lucros que eles não aplicam na farmácia?

Não acho que riqueza seja um acinte. Admiro os grandes grupos, como a Votorantim ou o Silvio Santos, que pagam seus impostos, geram milhares de empregos e levam o negócio profisionalmente.