quinta-feira, dezembro 14, 2006

Isso aqui ô ô - 3


Parlamentares aprovam aumento de quase 100% nos próprios salários

Após reunião de líderes ficou decidido que o salário dos parlamentares aumentará de R$ 12,8 mil para R$ 24,6 mil. O valor é o mesmo do teto de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Além desse valor mensal, os parlamentares também recebem auxílio passagem aérea, que varia de R$ 8 mil a R$ 14 mil por mês, uma cota postal telefônica de R$ 4,265 mil, auxílio moradia de R$ 3 mil, verba de gabinete de R$ 50 mil e verba indenizatória de R$ 15 mil.

Cada parlamentar receberá o valor de R$ 24,5 mil 15 vezes ao ano, já que, além do 13º, eles recebem outras duas vezes, uma no início e outra no final do ano.

Parlamentares que votaram pelo reajuste de salários:

Aldo Rebelo (PC do B-SP)
Renan Calheiros (PMDB-AL)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Jorge Alberto (PMDB-SE)
Luciano Castro (PL-RR)
José Múcio (PTB-PE)
Wilson Santiago (PMDB-PB)
Miro Teixeira (PDT-RJ)
Sandra Rosado (PSB-RN)
Coubert Martins (PPS-BA)
Bismarck Maia (PSDB-CE)
Rodrigo Maia (PFL-RJ)
José Carlos Aleluia (PFL-BA)
Sandro Mabel (PL-GO)
Givaldo Carimbão (PSB-AL)
Arlindo Chinaglia (PT-SP)
Inácio Arruda (PC do B-CE)
Carlos Willian (PTC-MG)
Mário Heringer (PDT-MG)
Inocêncio Oliveira (PL-PE)
Demóstenes Torres (PFL-GO)
Efraim Moraes (PFL-PB)
Tião Viana (PT-AC)
Ney Suassuna (PMDB-PB)
Benedito de Lira (PL-AL)
Ideli Salvatti (PT-SC)

4 comentários:

Vivi disse...

"Legal" é ver a variedade de partidos dos ilustres deputados que votaram nesse absurdo. Um monte de gente que adora bater no peito arrotando ética e amam apontar o dedo p/ o adversário para apontar os defeitos. É uma hipocrisia que dá nojo.

Túlio disse...

É tudo farinha do mesmo saco, Vivi.

malu disse...

Tulio
Fafavor, da proxima vez tenha mais respeito com as Farinhas e com os Sacos.

Túlio disse...

É mesmo, Malu. Minhas desculpas às farinhas e aos sacos.