quinta-feira, dezembro 07, 2006

Vendo. Motivo: mudança desta para melhor

JUSTIÇA DE MINAS GERAIS TENTA VENDER DOIS CAIXÕES PENHORADOS

Os leilões judiciais geralmente atraem muitos compradores por causa dos preços melhores. Mas, em Uberaba (MG), faltam interessados para a compra de dois produtos usados para pagar uma dívida: são dois caixões.

A batalha judicial começou quando a mãe de José Divino Cândido foi enterrada. Ela pagou por um plano funerário, mas foi sepultada em um caixão doado pela Prefeitura. ''Ela pagou a vida inteira'', reclama Cândido. Inconformado, ele entrou na Justiça contra a empresa funerária, que foi condenada a pagar indenização de R$ 3 mil por danos morais.

A empresa não pagou e dois caixões foram penhorados para pagar a dívida. Cada um foi avaliado em quase R$ 2,5 mil. Mas os objetos não foram vendidos em dois leilões judiciais. A data para a realização do terceiro evento ainda não foi marcada.

4 comentários:

tom disse...

dou cem pelos dois. frete pago.

Vivi disse...

Peraí, eles são de madeira de lei? Acochoados? Tem aquele vidrinho que deixa a cara do defunto à mostra? As coroas de flores vêm de brinde?
São muitas variáveis a se considerar antes de fazer o lance.

tom disse...

é verdade, como diria sabrina. se não tiver janelinha, não quero não.

malu disse...

bom como eu escolhi se cremada, o "artigo" nao me interessou.
Agora quando tiverem leiloando umas caixas de "tumate" me avisa.