sexta-feira, dezembro 15, 2006

Noço Guia

Surpreendente frase do Noço Guia ao ser perguntado sobre o auto-aumento dos deputados, que deverá representar um gasto extra anual de pelo menos R$ 1,66 bilhão aos cofres públicos, já que Estados e municípios seguem o aumento federal, em "efeito cascata":

"Eu não sei, minha filha. Você faz uma pergunta de coisa que eu não sei o que aconteceu".

Ao mesmo tempo, o ministro Luiz Marinho (Trabalho) disse que o reajuste do salário mínimo dos atuais R$ 350 para R$ 420 é "impossível". O aumento de R$ 70 é reivindicado pelas centrais sindicais.

2 comentários:

Fábio Max disse...

É a tal da austeridade com o bolso alheio.

O governo não tem controle sobre os ganhos dos parlamentares. Porém, tendo maioria simples no Congresso, visto que se encheu de alianças, nem todas ideologicamente coerentes, poderia fazer duas coisas:

1. Pedir para adiar a discussão do aumento para a próxima legislatura;
2. Pedir à "base aliada" que ajudasse no esforço fiscal e na imagem do governo.

Não fez nada e ainda diz que não sabe do assunto, provavelmente vai dizer amanhã que se trata de competência exclusiva do Congresso e não pode interferir no Legislativo.

malu disse...

Aja oleo de peroba!
Nao aguento mais tamanha cara de pau!

Fabio
Se preocupa nao, ele vai dizer que a culpa eh das "zelites" e os PeTralhas vao dizer que os culpados sao os paulistas que elegeram Clodovil, Frank Aguiar e Maluf, pode ter certeza.
Esse eh o chamado governo de "colisao".