quinta-feira, abril 17, 2008

Humor negro (involuntário)

30 comentários:

shirlei disse...

Ihhhh, cara.... o cara foi pessoalmente....

Fábio Mayer disse...

Isso é que é fé em Deus.

O cara viu a placa e nem titubeou, se enfiou nela para responder ao convite pessoalmente.

Pata Irada disse...

Pô que tri!

Vivi disse...

Isso é que é ser curioso!
Não quis esperar para saber o assunto...

Leticia disse...

O que é isso, um ponto de ônibus?

Mônika Mayer disse...

Isso é que é discutir a relação!!!

(DR, Shirlei, DR!!!!)

palhaço disse...

E não é que o cara tá mortinho em frente à placa. Sinistro.

palhaço disse...

Leticinha, eu não sou engenheiro, mas acho que se fosse um ponto de ônibus não agüentaria (nunca vão me tirar o trema) o impacto.

malu disse...

Isso que chamamos de "fe cega". O cara nao viu nem a parede.

tom paixão disse...

fabio e shirley: arrasaram.

Pata Irada disse...

Esse cara não é inconseqüente.
Esse trema é meu e niguém tasca!

Leticia disse...

Palhaço, vamos para uma DR básica:
I need a man que não conteste o que digo com veleidades pitaquescas, nem com tergiversações em torno de acordos ortográficos. I need a man que me EXPLIQUE as coisas, seja afirmativo, proativo e ativo, que conheça tudo sobre qualquer assunto e me transforme em uma aluna adolescente até quando boceja.
É isso.

Túlio disse...

Isso é um trabalho para...

Fábio Mayer disse...

Letícia,

Desculpe informar, mas o homem que você diz que "need", não existe.

palhaço disse...

...o Super-Homão?

Ah, conta aí Túlio.

palhaço disse...

Nem o professor Pardal?

palhaço disse...

o Xavier do X-Men?

palhaço disse...

Leticinha, já pensou em casar com um dicionário. Ele poderia te explicar tudo.

Baju disse...

Oi, Fábio.
Risos...

baju 2 - a missão disse...

Dicionário...
Ai, Palhaço, você é um pândego.

(risos, ai, ui)

shirlei disse...

Ô Letícia,
Que que cê tá querendo aprender, hein? E com o Palhaço?
Enlouqueceu!

Mônika Mayer disse...

Ô, Fábio, não tira a ilusão da menina! Existe sim, só ainda não foi encontrado.

Leticia: quando encontrar isso aí, cê me conta se tiver mais??

Leticia disse...

O que cês tão pensando?! Meu ex é assim, viu? Pena que vinha com uns brindes indesejáveis, aí mamãe aqui saturou, né? Mas ele continua um handsome man, mesmo sem minha agradável companhia.

Mônika Mayer disse...

Leticia, teu ex tem irmão???

malu disse...

O "Maridao" e tudo isso e muuuuito mais. Sorte minha que os pais dele usaram toooodos os ingredientes para fazer ele. Os irmaos dele sao uma tragedia.
Bem tambem ele sempre me diz que ele eh assim somente por eu ensino a ele ser uma pessoa melhor todos os dias. Eu tamebm aprendo com ele.


Moooorram de inveeeeeeja!!!

Leticia disse...

Mônika, é o caso da Malu. O irmão dele é uma derrota ambulacrária. Mas meu ex está disponível... mas, mesmo com todos os seus atributos maravilhosos, não recomendo, não. Vai por mim, palavra de amiga!

Fábio Mayer disse...

O irmão da Mônika não é grande coisa... mas também não é uma "derrota ambulacrária" ou uma "tragédia".

Não ponham mais os irmãos de ninguém nessa conversa, pô!

palhaço disse...

É! Pô!!!

Fabão "tragédia"!
Fabão "tragédia"!

Mônika Mayer disse...

Meu ex é uma derrota ambulacrária. Igualzinho o irmão dele!!!!! É genético!!!!!

Adoro esse blog. Parece um grande consultório sentimental!! rssrsr

Eca. De derrotas ambulacrárias e tragédias já cansei.

malu disse...

Para me livrar dos "brindes" mudei de pais.
Eh taaaooo bom morar longe. Nada de crianca com febre a meia noite, dinehrio extra para pagar um curso super importante e indispensavel que a escola pede para ensinar coo faze panquecas na temperatura ideal. A ligacao internacional eh carissima.