segunda-feira, novembro 27, 2006

Porcaria


Vigilância retira 15 toneladas de lixo de uma casa em Porangaba (SP)

A Vigilância Sanitária de Porangaba (a 169 km de São Paulo) retirou quinze toneladas de lixo e entulho de uma casa. O dono do imóvel guardava o material, animais mortos e muita sucata há mais de vinte anos.

Foram necessários 53 caminhões para remover tudo. Havia também dezenas de animais mortos espalhados pelos cinco cômodos. Restos de comida, urina e fezes humanas estavam espalhadas pela residência.

As fotos tiradas pela vigilância sanitária mostram a cozinha, o banheiro e o quarto tomados pela sujeira. Em uma cama dormia a irmã de Enos Antunes do Amaral. Doente, não podia mais andar, e não tomava banho há meses. Ela foi levada de ambulância para um hospital de Sorocaba.

O aposentado foi retirado da casa e mandado para um abrigo da prefeitura. O imóvel foi limpo, passou por detetização e vai ficar lacrado por dez dias. Por enquanto, a maior preocupação do aposentado é recuperar os objetos. Para ele, todos são úteis.

A infração cometida pelo aposentado é a da "obstrução da prevenção à saúde pública". A multa varia de R$ 140 a R$ 139 mil. Mesmo assim, a vigilância sanitária de Porangaba optou por não aplicar a penalidade ao aposentado. Em julho deste ano, a prefeitura de São Paulo retirou de uma casa no Itaim Bibi, 250 toneladas de lixo.

Em setembro ocorreu caso semelhante em Tatuí. Um homem recolhia em casa materiais recicláveis que pegava na rua. Foram retirados seis caminhões de entulho da casa dele. De acordo com médico Hélio Ricardo Hermida, o hábito de guardar objetos sem valor por tanto tempo pode ser sintoma de um distúrbio psiquiátrico.

4 comentários:

Leticia disse...

Eu andei assim um tempo. Olhava dentro das caçambas de entulho pra ver se achava reatores velhos.

Túlio disse...

Foi por isso que teve que reformar a cozinha? Quantas toneladas de porcaria foram tiradas?

malu disse...

Deve ser uma "maravilha" viver num pais no qual o Servico Social funciona direitinho, o sr. em questao soh "guardou" 15 toneladas de lixo em casa (deve ter feito isso de um dia pro outro), aonde a Saude Publica eh quase perfeita, a sra. em questao "QUASE" morreu...,acho que vou fazer minhas malas!

Leticia disse...

Não, Túlio. É que os reatores antigos são pesados à beça e servem de peso pras minhas diversões restaurando livros, meu querido. Tenho eles até hoje, e foi muito divertido meter o olhão nas caçambas. Até livros antigos achei.