terça-feira, abril 10, 2007

Brasília é um sucesso

Não é piada nem falta de respeito. Na Inglaterra, inauguraram um bordel em Preston, cidadezinha localizada no norte daquele país, no condado de Lancashire, situado na rua Cannon, local de concentração de bares e restaurantes e, agora, com pelo menos uma das chamadas casas de tolerância. Até aí, nada de novo. Esse tipo de tolerância é antigo e universal. A novidade foi o nome que deram ao estabelecimento: "Brasília".

Até lá chegaram as façanhas de nossa capital. Um nome que aos poucos remete para um tipo de atividade específica. Assim como em todas as cidades há um hotel chamado "Plaza" e um parque de diversão chamado "Tívoli", se a coisa funcionar na rua Cannon, em breve teremos "Brasílias" espalhadas pelo mundo, o que mostrará a pujança nacional em determinados setores da faina humana.

Não tenho certeza, mas a decoração da nova casa de tolerância é realmente tolerante: a catedral, que não traz apelo condenável, a rampa do Palácio do Planalto e a foto oficial do Congresso, com a bandeira auriverde ao fundo. Não sei até que ponto essas imagens servem de estímulo aos habitantes de Preston. Não acredito que as coisas que acontecem em Brasília tenham chegado ao condado de Lancashire, mas com a internet, tudo é possível. O influente jornal da cidade, o "Lancashire Evening Post", em capa de uma de suas edições, revelou que uma das mulheres do "Brasília" chegava a atender 27 clientes por dia. Ficava com 40% do que faturava, mais do que se cobra na Brasília real, que geralmente fica na casa dos 20%.

O "Lancashire Evening Post" informa que havia uma promoção de 30 minutos com duas garotas por 100 euros. De acordo com a Justiça inglesa, "Brasília" rendeu meio milhão em um ano.

Carlos Heitor Cony
Folha de São Paulo – 10 de abril de 2007

27 comentários:

Lets disse...

Duas garotas, 30 minutos por 100 euros? Quanto amadorismo!

Vivi disse...

Amadorismo de quem cobra ou de quem paga?

tom paixão disse...

junta com a recifense que a-d-o-r-o-u-u-u as mãos do william em suas tetas e vamos nos firmando no mundo civilizado.
ninguem segura o bananão, entre todos, pendão.
vou pedir dupla cidadania. brasileiro e nigeriano, algo assim.
tá feia a coisa, putz!

Guido Mantega - Ministro da Fazenda disse...

Para que fazer PAC e essa balela toda de aumentar a indústria, o comércio e o número de empregos?

Nosso negócio é a prestação de serviços!

Transformemos o país inteiro num imenso Big Brother Brasil e exportemos as carnes ali promovidas!!!

Pogresso já!

Lets disse...

Estou mais com o Guido Mantega. Somos um país vocacionado para o setor terciário, quiçá o terceiro setor do voluntarismo bem remunerado. Por isso, Vivi, amadorismo duplo, de quem cobra e de quem paga. Estamos a séculos-luz desses míseros 100 euros, onde já se viu?
Como diz um luterano amigo meu, "o homem não foi feito pra apertar parafuso". Depois dessa eu libertei minha cabeça desse ranço fordista, burguês e retrógrado!
Serviço, cada um presta o seu!
Serviços já!

malu disse...

Olha, nao eh que o incentivo as exportacoes estao dando certo!?

Bem que Brasilia podia exportar os moradores do Planalto e da Explanada ja ia ser um comeco.

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Aí gente boa!

A pedidos, estou mudando pro BlogSpot:

http://fabiomayer.blogspot.com

Túlio disse...

Já mudei o link, Fábio.

Julia disse...

Fabio,

Então me sinto honrada de ter participado com outras pessoas em incentivar você pra passar para o blogspot!

Felicitações!

Julia disse...

Lets,

Acho que eles deviam ter feito um preço mais enobrecedor.Afinal os alugueis custam caro, COMER, pra manter a forma, pra depois, servir de prato pra outros COMEREM tambem custa carissimooooooo!

Deveriam fazer casas com alguns especimen masculinos a dispo tambem igual como tem la na Australia! Esquecem muito da igualde de escolha de mercadoria!

Julia disse...

Malu,

Teriam que exportar mais mercadoria acho que tem pouca mercadoria masculina!

Julia disse...

Tom Paixão,

As mulheres adoram Nigerianos altos e bembembem digamos chiiiquesssss!

Julia disse...

VIVI,

Acho que é amadorismo e baixaria em tudo!Pelo preço ja se sabe que tipo de clientela e qual tipo de conta bancaria!

Imagine que uma "acompanhante" de classe precisa de pelo menos uns 1000,00 euros so pra comprar um casaco de frio barato porque os casacos mais classe no minimo custa +/-10.000,euros o aluguel os sapatos as belas roupas intimas como shortinhos sexiii custam em media +/- uns 100euros...logo esta na cara que nem é amadorismo é mercadoria de baixaria meeessmoooo!

Lets disse...

Nossa, Fábio, mas que nome quilométrico você tem! Meu nome completo também não é mole, não! Era uma tortura na escola, todo dia escrever aquele cabeçalho.

Lets disse...

Gente, quero recomendar um o recém-lançado Bizarre Brazil. É de um amigo meu e, não fosse a tremenda má vontade que sempre tive com o inglês, eu aceitaria o convite dele pra postar também. São coisas estranhas aqui da terrinha, e pretendo, pelo menos, levar a maquininha na rua pra flagrar uma ou outra bizarrice.

http://www.bizarrebrazil.com/main/

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Lets

Mas é um nome bonito, isso ninguém pode negar... eu podia estar em qualquer letreiro de cinema como produtor de blockbuster!!!

Fábio Max Marschner Mayer disse...

Júlia,

Se eu não mudasse de endereço, como eu seria lincado no seu blog?

Não podia deixar passar né?

Agora, só preciso arrumar as caixas de som do computador.

=)

Lets disse...

Hummm... meu nome completo também é algo pomposo, viu?

Mas, ó, lamento dizer, no dia em que o mundo se curvar aos pés do galã Fábio Max, será como Fábio Max mesmo.
Me diga um - um só - ator famoso que tenha um nome gigantesco assim. Senão vejamos: Brad Pitt, Antonio Banderas, Bob Hope, Al Pacino... Até a Margarita Cansino teve de virar Rita Hayworth, e mesmo assim o povo ficou com preguiça e só a chama de Gilda, até hoje.

Túlio disse...

Fábio tem nome pomposo mas impossível de se pronunciar...

Fábio Max disse...

Lets,

É por isso que eu abrevio para Fábio Max ou Fábio Mayer... basta um descobridor de talentos da Grobo me descobrir, daí será a fama, a glória, a fortuna e melhor de tudo: a Angelina Jolie e a Pâmela Anderson!

Lets disse...

Ah, entendi! Qual será o nome verdadeiro de Angelina Jolie? Não deve ser muito diferente, não, porque ela tem aquela cara...
Mas a Pamela Anderson deve ter sofrido o efeito Dalva de Oliveira, cujo nome verdadeiro era Vicentina não-sei-das-quantas.
Eu acho que a mãe de Pam batizou-a como Izaltina Neuza da Silva dos Santos.

Fábio Max disse...

Lets,

Você tem que admitir que meu nome verdadeiro é muito mais artístico que o da maioria não é?

Lets disse...

Não, falando sério, agora: você tem um nome bonito. Ele tem uma sonoridade meio aguerrida, marcial: Fábio MAx MARscher MAyer.
Mas o problema não está no nome, está na ignorância da população, Fábio! Imagina a meninada falando seu nome inteiro? Não ia dar certo, não. Fica com Fábio Max, ou então: "Estrelando: Max Marschner", ou "As cenas de sexo de Angelina Jolie e Max Mayer ultrapassam todas as expectativas de crítica e público".
Aí, sim!
Agora, Max Mayer e Pamela Anderson é fim de carreira, hein! Ela é muito maloqueira, Fábio, larga ela e fica com Angelina, que é uma mulher chique.

Fábio Max disse...

Nãaaaooo!!


Teria que usar apenas Fábio Max.

E nem daria para usar Fábio Mayer, porque já existe o José Mayer.

Já disse, eu bem prefiro a Angelina, mas ela é casada com o Brad, e contra o Brad, eu não tenho chance!

malu disse...

Fabio

Voce eh parente do Jose Mayer, ele tem uma cara de "alimao".

malu disse...

Ah, outra coisa a Angelina tem muitos filhos inagina criar aquela "tropa" toda?

Fábio Max disse...

Malu,

O Zé Maia não é parente não!

E eu gosto de crianças...além do fato de que são dela, e ela é milionária...eheheheh!